Você sabe o que significa a palavra gratidão?

s.f. Reconhecimento por um benefício recebido; agradecimento: dar provas de gratidão.
É exatamente isso que você deveria sentir, sacou? Não? Bom, vou tentar te explicar.

Há anos que pessoas se organizam, criam grupos, interagem. Isso eu chamo de criar comunidades.  No Maranhão alguns grupos foram criados: de Java, Linux, etc. Agora eu te pergunto – bem Marcelo Rezende: você já fez parte de algum deles? Continuar lendo

Perdeu, Playboy!

Ontem realizamos o 3o. PHPub de 2013 e, meus amigos, foi surpreendente! A adesão foi  bem maior do que todos imaginávamos. A discussão que aconteceu na mesa, os assuntos abordados, o interesse de todos em torno do abordado foi realmente algo que esperávamos há muito tempo, mas que, desiludidos com o nosso Estado que somos, imaginamos que esse encontro não fosse ter o sucesso alcançado ontem.

Como de praxe foi apresentada uma micropalestra sobre PHP-FIG pelo nosso amigo Ricardo Coelho, ex-presidente do PHP Maranhão e hoje vice-presicente da ABRAPHP (associe-se, lembre!), mostrando os principais aspectos desse grupo, como foi formado,  porque foi formado, como funciona, além das PSRs e sua abrangência. A apresentação começou exatamente às 19hs e o que devia durar somente 18 minutos chegou a uma hora, tamanho o interesse em cada slide.

À medida que a discussão foi se desenrolando mais gente foi chegando, se apresentando, se inteirando do que já havia acontecido, do que tinha sido falado e dai em diante passamos a discutir sobre outros assuntos e voltamos ao recorrente e inesgotável assunto do PHPub 2/2013, ou seja, mercado de trabalho. Vimos que a coisa não tem mudado muito, mas que a esperança dos que foram, que se mostraram realmente interessados, é que nós possamos ter uma comunidade que realmente seja ativa e que possa interagir. Abordamos ai a ABRAPHP e os projetos Jobs e Counter que, com certeza, irão nos ajudar a melhorar o nosso cenário local e, quem sabe, deixá-lo mais parecidos com outros centros que olhamos e dizemos: -Aqui podia ser assim.

Ahh! Temos agora a nossa logo do 4.PHP e já podemos fazer o nosso material de divulgação e logo sairão as camisas já sorteadas. Os sorteados agora podem vibrar!

Claro que a noite não foi só de conversa técnica. Dev também se diverte, sabia? Como todo bom grupo de programadores o nosso também sacou as suas piadas nerds. Assuntos diversos surgiram, sorteios vieram e prêmios se foram. Dou os parabéns aos ganhadores, alguns outros prêmios virão nos próximos PHPubs!

Perdeu, Playboy! Não foi, perdeu os prêmios, perdeu a conversa, perdeu o networking, perdeu a oportunidade de mostrar a cara e de dizer que você pode ajudar a fazer a diferença. Cada qual com seu motivo para não ir, infelizmente nem todos estão livres nesse horário, nós todos entendemos os motivos destes, mas “Perdeu, Playboy!” é para aqueles que continuaram em suas casas ou sei lá onde sem fazer nada tão interessante, sem dar-se a oportunidade de conhecer outras pessoas que estão interessadas em mudar esse panorama onde o pagar mal é normal, onde programador conserta impressora, onde somos meninos da informática.

Veja as fotos, você não perdeu só o chopp dobrado até as 22hs, você perdeu também a oportunidade de ter seu sorriso na foto junto aos nossos!

Utilizando Annotations com PHP

Você sabe o que são anotações? Se você ainda não ouviu falar de annotations não sabe o que está perdendo.
Para quem não sabe ainda, anotações são etiquetas com informações relevantes dentro de um bloco de comentário no qual você escreve metadados sobre alguma classe, método ou mesmo atributos de classe para que se possa, em tempo de execução resgatar esses metadados e trabalhá-los de acordo com a sua necessidade.
Eu testei o Addendum, uma biblioteca que estende a ReflectionClass e que funciona muito bem, para quem deseja anotar ao estilo dela. Porém, como eu teria que estender a classe Addendum e ainda teria que modificar seu namespace, isso não seria viável para mim.
A solução para isso? Brincar um pouquinho com expressões regulares e a família de classes Reflection do PHP para resolver o meu problema.

Continuar lendo