[Hangout] – 4.PHP – Conheça os Palestrantes!

Galera ontem tivemos nosso primeiro hangout em prol do Fórum de Profissionais PHP. O intuito do hangout era poder apresentar os palestrantes a aquelas pessoas que porventura não os conheciam e também oferecer a oportunidade de um breve resumo de cada palestra.

A conversa foi descontraída e muito empolgante, os palestrantes abrangeram ótimos assuntos e responderam as diversas perguntas e muitas delas, senão todas, foram focadas em algum tipo de framework. Veja o vídeo.

Obs.: O video não apresenta todos os palestrantes, veja todos aqui.

8° PHPub-MA Show \o/

05_pubOlá galera tudo bem!? Estou passando aqui para comentar um pouco sobre o nosso pub do mês de Setembro. Totalizamos aí 8 pubs de muitas conversas, descontração e acima de tudo, gerando ótimos networks com todos os presentes em cada edição!

De todos os pubs que participei, o pub desse mês, dia 12/09, foi o que mais me surpreendeu! pela qualidade em destaque, com relação aos pubs anteriores. Neste comentamos a respeito de Websockets, com a ministração de nosso amigo e diretor Evaldo Barbosa. Palestra bem formada e que gerou um debate muito interessante e até surpreendente com respeito a essa tecnologia. Tivemos a presença ilustre de nossos amigos e developers:

O network gerado em um encontro como esses é singular e dificilmente podemos encontrar pelas vielas da vida. Por isso, aqui estendo alguns convites a você Dev, que por motivos alheios a você, ainda não pode comparecer em nossos encontros:

Primeiro te convido para os próximos pubs, nossa qualidade e a qualidade de nossos encontros depende muito de você. Continuar lendo

[4.php] – Elton Minetto convida você para o Fórum de Profissionais PHP

Fala galera, a cada dia que passa estamos mais próximos do nosso grande encontro com vários devs feras do mundo php. Não sabe do que eu estou falando?! Me refiro aqui ao Fórum de Profissionais PHP que acontecerá dias 04 e 05 de Outubro aqui na ilha do amor! Teremos a presença ilustre de vários palestrantes e devs em destaque no cenário nacional! E um dos palestrantes, Elton Minetto, que concerteza você conhece, convida você para o evento, veja:

Não deixe de participar desse mega encontro! Veja os palestrantes.

Implementando coincidências

“Eu estava no evento XPTO, em frente ao stand da empresa.com e, por coincidência, encostou o Fulano de Tal, CTO da startup onde trabalho. Fui contratado por causa de uma conversa descontraída de cinco minutos sobre git, php e javascript.”

“Você conhece a WhateverTool? Eu fui naquele café com desenvolvedores da semana passada e tinha um cara usando lá… todo mundo instalou na hora, facilita demais a vida…”

Já ouviu algo assim? Você tem certeza que é melhor programador/designer/líder que o seu amigo que foi contratado? Você tem ideias muito melhores que os outros e ninguém colabora no seu GitHub? Ninguém reconhece seu talento? A vida é injusta com você?

Continuar lendo

[Get Started] – Zend Framework 2

Introdução

zf-2

Bom olá pessoal! Quanto tempo né!? Rsrsrsrsrs, estamos voltando com esta pequena série de posts, agora, sobre Zend Framework 2. Nesta série denominada de ‘Get Started’, idem ao Get Started do manual do ZF2, iremos mostrar uma pequena aplicação de iniciação com esse poderoso framework.

Basicamente traremos aqui a tradução do Get Started criado no Docs do framework, veja aqui.

Precisaremos neste tutorial dos seguintes itens:

  • Composer;
  • Git;

Primeiramente iremos pegar o Skeleton oferecido para iniciação no Framework, para isto precisaremos do Git para clonarmos o mesmo, veja abaixo:

Acesse a pasta desejada para baixar o skeleton da aplicação e execute o seguinte comando:

Após clonado iremos baixar as dependências da aplicação através do composer, acessando a pasta da aplicação clonada agora a pouco através do git, execute os seguintes comandos no seu terminal:

Ao fim da instalação das dependências pelo composer devemos seguir mais um passo para que nossa Skeleton Application esteja pronta para podermos roda-la em nosso server. O próximo passo será criar uma Virtual Host para nossa aplicação, veja abaixo:

Acima temos o exemplo de configuração do virtual host no get started do site, veja como utilizar em seu sistema operacional, abaixo temos alguns links para te ajudar

Não sabe como trabalhar com Virtual Hosts, Composer e nem Git?? Veja os links abaixo:

Como configurado em seu virtual hosts, acesse agora o seguinte endereço em seu navegador, não esqueça de ativar seu apache ou outro servidor utilizado por você!

Se tudo foi configurado corretamente, teremos esta página sendo exibida:
zf-2
Basicamente este é nosso primeiro post.
No próximo post começaremos de fato a trabalhar com o framework, espero que tenham gostado!
Deixe sua dica, sugestão, dúvida e critica para que possamos sempre oferecer melhorias em nosso conteúdo! Até a próxima!

Repositório com os exemplos

Perdeu, Playboy!

Ontem realizamos o 3o. PHPub de 2013 e, meus amigos, foi surpreendente! A adesão foi  bem maior do que todos imaginávamos. A discussão que aconteceu na mesa, os assuntos abordados, o interesse de todos em torno do abordado foi realmente algo que esperávamos há muito tempo, mas que, desiludidos com o nosso Estado que somos, imaginamos que esse encontro não fosse ter o sucesso alcançado ontem.

Como de praxe foi apresentada uma micropalestra sobre PHP-FIG pelo nosso amigo Ricardo Coelho, ex-presidente do PHP Maranhão e hoje vice-presicente da ABRAPHP (associe-se, lembre!), mostrando os principais aspectos desse grupo, como foi formado,  porque foi formado, como funciona, além das PSRs e sua abrangência. A apresentação começou exatamente às 19hs e o que devia durar somente 18 minutos chegou a uma hora, tamanho o interesse em cada slide.

À medida que a discussão foi se desenrolando mais gente foi chegando, se apresentando, se inteirando do que já havia acontecido, do que tinha sido falado e dai em diante passamos a discutir sobre outros assuntos e voltamos ao recorrente e inesgotável assunto do PHPub 2/2013, ou seja, mercado de trabalho. Vimos que a coisa não tem mudado muito, mas que a esperança dos que foram, que se mostraram realmente interessados, é que nós possamos ter uma comunidade que realmente seja ativa e que possa interagir. Abordamos ai a ABRAPHP e os projetos Jobs e Counter que, com certeza, irão nos ajudar a melhorar o nosso cenário local e, quem sabe, deixá-lo mais parecidos com outros centros que olhamos e dizemos: -Aqui podia ser assim.

Ahh! Temos agora a nossa logo do 4.PHP e já podemos fazer o nosso material de divulgação e logo sairão as camisas já sorteadas. Os sorteados agora podem vibrar!

Claro que a noite não foi só de conversa técnica. Dev também se diverte, sabia? Como todo bom grupo de programadores o nosso também sacou as suas piadas nerds. Assuntos diversos surgiram, sorteios vieram e prêmios se foram. Dou os parabéns aos ganhadores, alguns outros prêmios virão nos próximos PHPubs!

Perdeu, Playboy! Não foi, perdeu os prêmios, perdeu a conversa, perdeu o networking, perdeu a oportunidade de mostrar a cara e de dizer que você pode ajudar a fazer a diferença. Cada qual com seu motivo para não ir, infelizmente nem todos estão livres nesse horário, nós todos entendemos os motivos destes, mas “Perdeu, Playboy!” é para aqueles que continuaram em suas casas ou sei lá onde sem fazer nada tão interessante, sem dar-se a oportunidade de conhecer outras pessoas que estão interessadas em mudar esse panorama onde o pagar mal é normal, onde programador conserta impressora, onde somos meninos da informática.

Veja as fotos, você não perdeu só o chopp dobrado até as 22hs, você perdeu também a oportunidade de ter seu sorriso na foto junto aos nossos!

Fórum de Profissionais PHP – 4a. Edição

hotsite-4php

Com as tarefas sendo preparadas a todo o gás, para o evento que promete este ano, o 4.PHP acaba de lançar seu hotsite com diversas informações a respeito do mesmo.
Este ano promete ser o melhor ano para o grupo php maranhão e não poderiamos deixar de trazer esta qualidade mais uma vez para nossos eventos e encontros.

Teremos presenças ilustres do php e também palestras com a prata da casa! Então não perca, obtenha mais informações em nosso hotsite  e ou no nosso grupo no facebook!

Obrigado e vamos em frente!

Portal Imasters de cara nova!

Logo Imasters

Logo Imasters

Em comemoração ao 12º aniversário, que será no próximo dia 19,  o portal imasters fez uma bela atualização em seu portal de conteúdo!
O portal imasters conta em seu acervo com mais de 10.500 artigos publicado ao longo de 11 anos! Quanto conteúdo hein!

O portal conta com mudanças na organização de suas sessões e na facilitação em seu sistema de buscas.

O projeto foi orientado para ampliar a usabilidade, deixar a navegação mais limpa e facilitar o acesso ao conteúdo e aos colunistas, cujo grande volume atrapalhava no acesso a conteúdo mais antigo.

Veja mais novidades no post sobre as mudanças, no próprio portal: imasters.com.br

Introdução ao Composer { Parte 2 }

Continuando nossos posts sobre o composer… 1° Parte

Instalando o Composer

 Requerimentos

O composer requer o php 5.3.2 ou superior para rodar. Algumas configurações a mais serão necessárias com respeito ao php, porém o instalador irá avisar sobre eventuais imcompatibilidades.

O composer é multiplataforma e é trabalhado para funcionar igualmente nas três plataformas existentes: Windows, Linux e OSX.

Instalação nos *nix.

Podemos instalar o composer local em um projeto ou de forma global ou seja utiliza-lo para vários projetos.

Local

Primeiro precisamos baixa-lo em nosso diretório de trabalho ou projeto.

O comando acima irá baixar o composer.phar para o seu diretório de trabalho. O composer.phar é um arquivo binário, a extensão .phar é um extensão de arquivos executáveis php, que podem ser rodadas em linhas de comando, dentre outras coisas.

Você pode também instalar o composer em um diretório especifico, através do comando –install-dir, depois fornecer um diretório de destino, podendo ser um caminho relativo ou absoluto.

Global

Para utilizar o composer de forma global basta que você mova o executável para a pasta de executáveis do sistema unix. Veja abaixo:

 Instalação no Windows

Usando o instalador

Esta maneira é rápida e simples, para se instalar o composer em seu windows.

Baixe e execute o Composer-Setup.exe , ele vai instalar a versão mais recente  e configurar o path do windows para você, permitindo que você execute o composer em qualquer diretório a partir da linha de comando.

Para instalação manual no windows veja aqui.

Utilizando o Composer

Para mostrar como utilizar o composer na prática nada melhor que indicar alguns bons links e materiais para estudo. Creio que dois serão essenciais:

Um post mais dissecado de nosso amigo Thiago Belem -> Aqui

E um ScreenCast da Code Squad, de nosso amigo Elton Minetto -> Aqui

Conclusão

Fiz uma abordagem superficial, basicamente a mesma coisa que esta no get started do composer não deixe de conferir a documentação para mais informações úteis!

 Contribua conosco, deixe seu comentário abaixo, quer seja uma correção, quer seja um acréscimo, contribua!.