Implementando coincidências

“Eu estava no evento XPTO, em frente ao stand da empresa.com e, por coincidência, encostou o Fulano de Tal, CTO da startup onde trabalho. Fui contratado por causa de uma conversa descontraída de cinco minutos sobre git, php e javascript.”

“Você conhece a WhateverTool? Eu fui naquele café com desenvolvedores da semana passada e tinha um cara usando lá… todo mundo instalou na hora, facilita demais a vida…”

Já ouviu algo assim? Você tem certeza que é melhor programador/designer/líder que o seu amigo que foi contratado? Você tem ideias muito melhores que os outros e ninguém colabora no seu GitHub? Ninguém reconhece seu talento? A vida é injusta com você?

Continuar lendo

Nova diretoria do PHP Maranhão

Foi empossada a nova diretoria do PHP Maranhão para 2013-2014. Diversas ações hoje em andamento já foram iniciadas no período de transição, que ocorreu entre 15/jan e 15/fev.

Temos o prazer de apresentar a nova equipe, que já entrou com força total:

João Lindoso, Walter Júnior, Nanderson Castro, Evaldo Barbosa e Hiárisson Gigante

João Lindoso, Walter Júnior, Nanderson Castro, Evaldo Barbosa e Hiárisson Gigante

Desejamos as boas-vindas e sucesso à nova equipe!

Por falar nisso, já faz parte do nosso grupo no Facebook? Vai lá: [grupo PHP Maranhão no Facebook]

PHP 5.4.11

O time de desenvolvimento do PHP liberou a versão 5.4.11, corrigindo 10 bugs e adicionando mime types para webm, ogv, ogg para o CLI server.

Foram corrigidos bugs de núcleo (2), filtro (2), json_decode (1) e cURL (5).

Para ver os detalhes dos bugs e das correções, clique aqui.

Atualize seus servidores assim que possível.

 

Débito técnico em TI, ou: O que custa mais caro…

O que custa mais: corrigir falhas em apliçações Java ou Cobol?

Leia direto da fonte: http://computerworld.uol.com.br/gestao/2011/12/12/o-que-custa-mais-corrigir-falhas-em-aplicacoes-java-ou-cobol/

Por PATRICK THIBODEAU, DA COMPUTERWORLD (EUA)

Análise global revela número crescente de erros no desenvolvimento de software por causa da metodologia adotada, aumentando o chamado débito técnico da TI.

Aumenta a quantidade de software mal projetado no mercado mundial, criando uma série de riscos para as organizações, revela relatório global que analisou 745 aplicações. Esses produtos apresentam problemas de programação que violam as boas práticas de arquitetura e de codificação, contribuindo para elevar o chamado débito técnico, que vem ganhando ampla atenção no mundo corporativo.

Continuar lendo

Enviando dados JSON usando cURL

Leia direto da fonte: http://www.lornajane.net/posts/2011/posting-json-data-with-php-curl

Me perguntaram outro dia: como enviar uma requisição POST usando PHP com dados JSON corretamente formatados? Recorri aos slides do meu tutorial de web services para a resposta, e pensei em colocar aqui com algumas explicações. Afinal, publicar seus slides é algo bom, mas sem o tutorial de fato, acho que eles raramente são úteis.

Não podemos enviar campos POST, porque queremos enviar JSON, e não simular um formulário (o mérito de uma API que aceita requisições POST com dados em formato de formulário é um debate interessante). Ao invés disto, nós criamos o JSON, o definimos como corpo da requisição POST e definimos os cabeçalhos corretamente para que o servidor que receba a requisição possa entender o que enviamos.

Continuar lendo

Silex. Um micro-framework PHP apoiado sobre os ombros de gigantes

Leia direto da fonte: http://silex.sensiolabs.org/

Silex é um micro-framework PHP para a versão 5.3. Ele é construído sobre os ombros do Symfony2 e Pimple e também inspirado pelo sinatra.

Um micro-framework provê a coragem para construir aplicativos em um arquivo. Silex foca em ser:

  • Conciso: Silex expõe uma API intuitiva e concisa que é divertida de usar;
  • Extensível: Silex tem um sistema de extensão baseado em torno do Pimple, micro-contêiner de serviços (n.t. de injeção de dependência), o que torna ainda mais fácil utilizar bibliotecas de terceiros;
  • Testável: Silex usa HttpKernel, do Symfony2, que abstrai requisição (request) e resposta (response). Isto torna muito fácil testar aplicações e o próprio framework. Ele também respeita a especificação HTTP e encoraja seu uso correto.

Em resumo, você define controladores e faz seu mapeamento com as rotas, tudo de uma vez:

Continuar lendo

E 2011 acabou…

O ano acabou. Pelo menos o ano da equipe de organização de eventos do PHP-Maranhão.

Foi um grande 2011. Tivemos PHPráticas com palestrantes nacionais, tivemos a terceira edição do Fórum Maranhense de Profissionais PHP (3.PHP) com palestrantes internacionais. Ganhamos dois articulistas para o blog (e ainda estamos precisando de mais). O grupo recebeu novos integrantes, repensamos algumas “verdades” sobre a realização dos eventos locais, dentre outras evoluções profissionais dos envolvidos.

Continuar lendo

PHPrática nov. 2011

Chegou ao fim mais um PHPrática. Desta vez recebemos o especialista em segurança da informação Er Galvão Abbott (@galvao), que abordou os principais problemas de segurança encontrados nas aplicações web, elencados pelo Open Web Application Security Project (OWASP – http://owasp.org). Ele mostrou exemplos de exploits e quais as soluções mais indicadas para cada caso.

Continuar lendo